Animais invertebrados - Características e Exemplos




Os animais invertebrados são aqueles que estão incluídos no grupo dos que não possuem a coluna dorsal e nem o crânio, e por esse motivo os seus corpos têm a consistência mole, como, por exemplo, a formiga.

Esses animais correspondem a 97% das espécies de animais de todo o mundo, com cerca de 1,5 milhões de gêneros. Os insetos constituem o maior grupo dos invertebrados, com cerca de 950 mil espécies em todo o mundo.

Entretanto, é importante ressaltar que alguns invertebrados, como, o besouro, são revestidos por um exoesqueleto de calcário. Esse exoesqueleto desempenha uma função semelhante ao esqueleto interno dos vertebrados, ou seja, eles contribuem para a sustentação e a proteção do corpo. 

Onde os animais invertebrados vivem?

Os invertebrados podem viver na terra, água doce, água salgada ou até mesmo em um hospedeiro, no caso dos parasitas. A lombriga e a pulga são exemplos de animais invertebrados parasitas.

Características dos animais invertebrados

Os invertebrados possuem características comuns a todos do grupo, veja abaixo quais são elas.

Aeróbicos: Todos os animais invertebrados possuem um sistema respiratório (mesmo de forma primitiva), e assim respiram retirando oxigênio da atmosfera ou da água.

Pluricelulares: são compostos por mais de uma célula que desempenham funções especificas.

Simetria bilateral: No geral, os invertebrados possuem as duas partes do corpo simétricas. Com uma única exceção entre os equinodermos.

Sexuados: A reprodução é feita a partir da fusão de dois tipos de células.

Heterótrofos: Não são capazes de produzir o seu próprio alimento, e assim se alimentam de plantas ou outros animais.

Locomovem-se: são capazes de utilizar os seus membros para se locomoverem. As esponjas são as únicas exceções do grupo.

Exemplos de animais invertebrados

Conforme a classificação de filo e reino veja abaixo exemplos de animais invertebrados:
  • Insetos: cigarras, borboletas, besouros, formigas, abelhas, vespas;
  • Crustáceos: caranguejos, siris, camarões, lagostas;
  • Miriápodes: lacraias, centopeias;
  • Aracnídeos: aranhas, ácaros, carrapatos;
  • Moluscos: polvos, lesmas, caramujos, mexilhões;
  • Equinodermos: estrelas-do-mar, ouriços;
  • Anelídeos: vermes, minhocas, sanguessugas;
  • Cnidários: águas-vivas, corais, anêmonas;
  • Platelmintos: vermes, como a tênia, e esquistossomos;
  • Poríferos: esponjas do mar;
  • Nematelmintos: vermes cilíndricos, como lombriga.


Comentários